Seja Bem-Vindo!
Paróquia Senhor Bom Jesus

Praça Cônego Laurentino Álvarez, 79 - Vila Aparecida, Monte Aprazível, SP Tel: (17) 3275-1793

Ouça ao Vivo

Endereço da Rádio - Rua Osvaldo Cruz, 53 - Centro, Monte Aprazível, SP - CEP 15150-000 | Tel: 17 3275-2233

Por 6 a 1, câmara cassa mandato de Montoro

Câmara lotada de pessoas pró e contra a cassação

A Câmara de Monte Aprazível cassou o mandato do prefeito Nelson Montoro (PSD) por infração política-administrativa.

Seis dos nove vereadores votaram pela cassação de Montoro.

Ele foi acusado de nomear Nelson Avelar  como assessor de planejamento. Avelar é  condenado por improbidade administrativa. O vice-prefeito Márcio Miguel assume o comando do Executivo.

A sessão de cassação, que foi transmitida na integra pela Difusora Aparecida,  durou praticamente 14 horas.

A cassação de Montoro, foi declarada pelo presidente do Legislativo, João Célio Ferreira, por volta das 22h45 de ontem. O decreto legislativo com a votação dos nove vereadores deverá ser publicado já nesta terça-feira, 15.

O voto do vereador Danilo César de Souza (Pros) foi considerado decisivo, já que eram necessários seis dos votos para cassar o mandato de Montoro.

Sua posição foi considerada um mistério. No seu discurso, porém, ele afirmou que o “plenário” iria decidir sobre a cassação. “O plenário vai decidir. Não somente o Danilo (Souza). Esse fardo será injusto”, afirmou Souza. “Como legislador me convenci que tenho de seguir a lei”.

O voto do vereador foi comemorado pelos apoiadores da cassação.

O presidente da Câmara, João Célio Ferreira, deu o tom político da votação. Ele disse que um grupo de vereadores tentou “conversar” com o prefeito, mas não foi atendido. “Não fomos atendidos em nada. Por isso, meu voto é sim”, afirmou.

Os advogados de Montoro recorreram à Justiça para tentar reverter a decisão do plenário. Eles classificaram a denúncia como “irresponsável”.

Depois da sessão, o prefeito não quis comentar o assunto. Familiares e amigos que acompanharam parte da votação ao seu lado o consolaram após o resultado.

Marcos Roberto
15/05/2018